50% dos brasilerios toleram nepotismo, aponta pesquisa

Da Folha de S.Paulo

Pesquisa feita a pedido da Comissão de Ética Pública, órgão vinculado à Presidência da República, mostra que a maioria dos cidadãos tolera a prática do nepotismo: 50,3% admitiram que, se pudessem, contratariam parentes. Da parcela de servidores públicos entrevistados, 32,1% disseram o mesmo.
O levantamento foi feito pelo professor Ricardo Caldas, da UnB (Universidade de Brasília), entre março e junho. Foram ouvidas 1.767 pessoas de várias profissões de todo o país e 1.027 servidores públicos de seis Estados (SP, MG, PA, PB, PR e RJ) e do Distrito Federal.
Do total de funcionários públicos entrevistados, 8,5% disseram ter obtido o cargo por meio da indicação de um parente; 16,2%, por meio de contatos políticos; 12,1% por indicação de amigos e 44,3%, por concurso público.
“Se pudesse resumir toda esta pesquisa em uma frase, eu diria que a sociedade brasileira não sabe separar o público do privado”, afirmou Caldas. Em seguida, ele completou: “Tanto a sociedade civil como os próprios servidores legitimaram o nepotismo”.
Para 37,5% dos próprios funcionários, os serviços públicos oferecidos no Brasil são “semi-profissionais”. Um total de 18,2% escolheu “amador” como resposta, e apenas 26,7% disseram considerar os serviços públicos profissionais.

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
50% dos brasilerios toleram nepotismo, aponta pesquisa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s