Concerto para Cello e Orquestra em Si bemol menor – Dvorák

O Concerto para Cello e Orquestra de Antonin Dvorák é uma das obras mais executadas em salas de música ao redor do mundo. Seguindo sempre um estilo próprio, o concerto assemelha-se, e muito, com suas construções musicais sinfônicas. O primeiro movimento (postado no vídeo aí de baixo) foi escrito na forma A-B-A, ou seja, é apresentado um tema principal, depois, outro tema e, por fim, volta-se à primeira idéia musical, com algumas variações

A música é forte e imponente. Começa com um suave das madeiras e, logo, um tutti em crescendo traz uma grandiosa melodia acompanhada de respostas dos trombones. Do que se vê e ouve no começo da obra, é inesperado um repentino forte. Lembro-me que quando assisti a execução desse concerto, uma senhora que estava ao meu lado começou a aplaudir a orquestra imediatamente. Quem freqüenta salas de música e teatro com certa regularidade sabe que aplaudir antes da hora – como no intervalo dos movimentos, por exemplo – é uma gafe sem tamanho.

A tonalidade do concerto é Si menor (Bm, em música), porém, o cello entra em Lá Bemol major (AbM), soando como uma improvisação.

O violoncelista é o lendário Rostropovich – morto no ano passado, no auge de seus 80 anos de idade. A orquestra é a Sinfônica de Londres, regida pelo maestro Carlo Maria.

Anúncios
Concerto para Cello e Orquestra em Si bemol menor – Dvorák

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s