ONU pede cessar-fogo imediato em Gaza

Da Folha de S.Paulo

Em meio às arrastadas tratativas diplomáticas para estabelecer um cessar-fogo, a pressão internacional cresceu sobre Israel, no 13º dia de sua ofensiva contra o grupo fundamentalista Hamas na faixa de Gaza.
A ONU decidiu suspender a entrega de ajuda humanitária aos palestinos de Gaza depois de afirmar que o motorista de um dos caminhões de suprimentos foi morto em um ataque israelense na área da fronteira. Já o Comitê International da Cruz Vermelha acusou Israel de barrar ajuda aos feridos e de criar “cenas chocantes” de crise humanitária.
Pelo segundo dia consecutivo, Israel suspendeu os ataques por três horas para permitir a entrada e distribuição de ajuda em Gaza. Também foi autorizada a saída de quase 300 pessoas com passaporte estrangeiro -não havia brasileiros no grupo, o segundo a deixar Gaza desde o início da ofensiva.
De acordo com a UNRWA (agência da ONU para os refugiados palestinos), o comboio com ajuda humanitária foi atingido por disparos israelenses por volta de 9h (5h de Brasília), quando três veículos da única empresa autorizada a operar na fronteira recolhiam alimentos na passagem de Erez. O motorista morto foi identificado como um palestino de 32 anos.
Em entrevista à Folha, um dos coordenadores da UNRWA em Gaza, Chris Gunnes, disse que esta não foi a primeira vez, desde o início da operação militar, que veículos da ONU são alvos de disparos israelenses. Segundo ele, não há prazo para o reinício da assistência a Gaza.

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
ONU pede cessar-fogo imediato em Gaza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s