Bem feito

Da Folha de S.Paulo

O publicitário Marcos Valério, preso desde o dia 10 de outubro do ano passado, teve negado ontem, por unanimidade, um novo pedido de soltura. A decisão foi de três desembargadores da Primeira Turma do Tribunal Regional Federal, em São Paulo.
Marcos Valério, que também é acusado de ser o operador do esquema do mensalão, está preso em decorrência de um processo em que é investigado por formação de quadrilha, denunciação caluniosa e corrupção ativa.
Segundo o Ministério Público Federal, o publicitário foi contratado pelo dono da cervejaria Petrópolis, Walter Faria, para “fabricar” um inquérito falso contra dois agentes da receita que haviam multado a empresa.
Na Operação Avalanche, a Polícia Federal interceptou conversas telefônicas de vários denunciados, que falavam abertamente sobre a investigação falsa.
Ontem, por decisão unânime, prevaleceu o voto do relator, desembargador Luiz Stefanini, que destacou o poderio econômico e político do grupo ao qual estaria ligado Marcos Valério.

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
Bem feito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s