Direita faz maioria parlamentar em Israel

Da Folha de S.Paulo

O partido centrista Kadima, liderado pela chanceler Tzipi Livni, liderava ontem a contagem dos votos nas eleições parlamentares disputadas em Israel. Após a apuração de 99% das urnas, o Kadima tinha 22% dos votos, contra 21% do segundo colocado, o partido conservador Likud.
Mas a contagem também indicava que a direita obteve mais cadeiras do que a centro-esquerda, o que pode dificultar a formação de um governo por Livni e favorecer seu maior rival, o ex-premiê Binyamin Netanyahu, líder do Likud. Os dois partidos declararam vitória.
Por volta das 4h30 em Israel (0h30 em Brasília), o Kadima contava com 28 dos 120 deputados da Knesset (Parlamento), enquanto o Likud tinha 27. Somados, os partidos de direita e religiosos, normalmente alinhados com o Likud, chegavam a 64 cadeiras.
Confiando na provável maioria obtida pelo bloco da direita, Netanyahu ignorou a vantagem do Kadima e se declarou vitorioso. “A ascensão da direita e do Likud só podem significar uma coisa: as pessoas querem mudança”, disse Netanyahu, 59. “Conversei com líderes de partidos e concordamos em começar as conversars para a formação de um governo já amanhã (hoje).”
Cabe ao presidente, após consultas com todos os partidos, decidir quem tem as melhores chances de formar o governo, independentemente do número de cadeiras conquistadas. Jamais, porém, o partido com a maior votação deixou de liderar o governo em Israel.

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
Direita faz maioria parlamentar em Israel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s