PMDB estuda punição a Jarbas Vasconcellos

De O Estado de S.Paulo

A cúpula do PMDB vai se reunir hoje e avaliar se pune ou não o senador do partido Jarbas Vasconcelos (PE) pelas declarações que deu em entrevista à revista Veja, na edição desta semana. Segundo Jarbas, o PMDB é “um partido sem bandeiras, sem propostas, sem norte” e boa parte dos filiados “quer mesmo é corrupção”.

O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) antecipou que defenderá a saída do senador do partido. “Ele generalizou e não deve se sentir confortável no PMDB depois das críticas. Deve sair”, disse Cunha.

O líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), também questionou a presença de Jarbas na sigla, mesmo sem pedir diretamente sua saída. “É uma incoerência: ele fala tudo isso e fica no partido? Não dá para entender”, observou. “A opinião do senador está em desacordo com o que pensam as urnas, a Câmara e o Senado.”

Alves lembrou que o PMDB elegeu um grande número de prefeitos em 2008 e passou a controlar 1.313 prefeituras. Também disse que o seu partido só chegou ao comando da Câmara e do Senado porque tem o apoio de outras legendas.

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
PMDB estuda punição a Jarbas Vasconcellos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s