Administradores de fundos já mostram interesse por papéis

Da Folha de S.Paulo

Por trás da forte reação positiva do mercado está a esperança de que os maiores bancos dos EUA conseguirão finalmente se livrar de boa parte dos ativos “tóxicos”. E assim voltar a emprestar com mais força a empresas e consumidores.
O plano foi anunciado no momento em que a aversão ao risco no sistema bancário dos EUA passava por uma nova onda negativa por causa da expectativa cada vez mais pessimista para o crescimento dos EUA e das economias mais avançadas.
O FMI estima que a economia americana se contraia até 3,5% neste ano; a zona do euro, 3,2%; e o Japão, 5,8%.
Até aqui, o ciclo vicioso vinha se autoalimentando: menos crédito levou a menor atividade econômica, que provocou cortes na produção e no emprego. Daí o temor cada vez maior dos bancos de emprestar, reforçando o ciclo destrutivo.
O pacote apresentado ontem procura justamente quebrar o primeiro elo dessa cadeia, ao tentar “arejar” o balanço dos bancos, livrando-os dos títulos “tóxicos” para que possam assumir um pouco mais de risco nos empréstimos.
Com todos os incentivos e as vantagens oferecidos pelo Tesouro para quem entrar no programa, o mercado agora aposta que de fato os bancos começarão a se livrar desses papéis.
Bill Gross, principal administrador do Pimco (Pacific Investment Management Co.), o maior fundo de investimentos do mundo (com US$ 800 bilhões), afirmou que sua empresa participará dos leilões para comprar ativos “tóxicos”.
“Esta talvez seja a primeira política em que todos ganham a ser colocada sobre a mesa. Ela deve ser vista com muito entusiasmo”, disse Gross à Reuters.
“O plano não é uma panaceia ou uma bala de prata, mas será suficientemente bom para acalmar um pouco a ressaca do sistema bancário”, disse Laurence Fink, presidente do fundo BlackRock, de Nova York.
O Tesouro dos EUA afirmou ontem que está contando com a participação de fundos como o Pimco e BlackRock. Durante o final de semana, vários administradores de fundos foram procurados por funcionários do Tesouro, ou pelo próprio secretário, Timothy Geithner, para serem encorajados a participar.

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
Administradores de fundos já mostram interesse por papéis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s