Lula assume apoio a Dilma

Do Correio Braziliense

Agora, é público. Ontem, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, em entrevista à Rádio Globo AM, que trabalha pela candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência da República. Lula foi além. E sugeriu que a “mãe do PAC” seja o nome não apenas do PT, mas da coalizão governista, formada por 14 legendas. “Fazer a minha sucessão é uma tarefa gigantesca. Todo mundo sabe que eu tenho a intenção de fazer com que a companheira Dilma seja candidata do PT e dos partidos. Agora, se ela vai ganhar, é uma tarefa que vai depender do trabalho de cada brasileiro e de cada brasileira”, disse o presidente.

Até o início do ano, Lula negava publicamente ter escolhido a ministra para representá-lo na corrida ao Palácio do Planalto. Não escondia a satisfação ao repetir, sem disfarçar o tom irônico, que ainda não conversara com Dilma a respeito do assunto, apesar de tal conversa já ter ocorrido inúmeras vezes nos bastidores. Ontem, o presidente também reforçou a promessa de não disputar um novo mandato em 2014. “É bobagem imaginar que daqui a quatro anos a gente pode voltar. Rei morto, rei posto, meu caro”, declarou. “Eu tenho que me contentar em agradecer a Deus porque já fui presidente por oito anos, reeleito com mais de 60% dos votos, e só tenho que torcer para que quem seja eleito faça muito mais do que eu, faça com mais competência, faça melhor. E que o povo não tenha saudade de mim.”

Assinante, leia mais aqui.

Anúncios
Lula assume apoio a Dilma

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s