ENQUANTO BARBOSA OUVE AS RUAS, MILHARES DE PROCESSOS DORMEM EM SEU GABINETE

Vejam que maravilha os números de processos parados na mesa de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal: Gilmar Mendes, 2.723; Eros Graus, 3.934; Celso de Mello, 5.909; Ricardo Lewandowski, 6.180 e, Carmen Lúcia, 7.982.

Acharam muito? Pois bem… Então lá vai o número de processos que aguardam apreciação do ministro Joaquim Barbosa: 17.207. Isso mesmo: dezessete mil duzentos e sete processos.

Presume-se que, com essa demanda de trabalho, em um dia normal de expediente no Supremo, os ministros ocupam-se em apreciar os processos.

Mas essa máxima não vale para Joaquim Barbosa.

Depois de ter ordenado Gilmar Mendes ir às ruas ouvir o povo, Barbosa seguiu sua própria recomendação e foi ao Rio de Janeiro passear pelas ruas e ouvir a população. Em plena sexta-feira (dia de trabalho no STF), o ministro se ocupou em escutar elogios rasgados das ruas pela sua crítica a Gilmar Mendes.

Enquanto isso, vela lembrar: 17.207 processos repousavam sobre sua mesa.

Links relacionados

Joaquim Barbosa e o Direito Achado na Rua

Barraco no STF. Em menos de quinze minutos, Joaquim Barbosa joga a imagem do Supremo no lixo

Anúncios
ENQUANTO BARBOSA OUVE AS RUAS, MILHARES DE PROCESSOS DORMEM EM SEU GABINETE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s