Lula e Dilma negam uso político de doença

Do Correio Braziliense

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, rechaçaram ontem a tese segundo a qual a “mãe do PAC” pode colher dividendos eleitorais graças ao tratamento contra câncer pelo qual ela passará nos próximos meses. Trata-se de uma reação a ministros e petistas que, desde sábado, afirmam que, ao enfrentar a doença, Dilma ganhará a solidariedade da população e terá condições de reforçar a imagem de mulher lutadora, a ser usada na próxima disputa presidencial. “Eu, sinceramente, não posso imaginar como é que alguém sai fortalecido porque teve um câncer. Eu só estou desejando a recuperação da Dilma. Ela certamente não tem mais nada”, declarou Lula, em Rio Branco (AC), depois de um encontro com o presidente peruano, Alan Garcia. 
“Não vi até agora nenhuma conduta exploratória da parte de ninguém. O tratamento está bastante respeitoso. Mas seria de muito mau gosto explorar no sentido negativo ou positivo a doença”, reforçou Dilma, em Manaus (AM), onde apresentou um balanço da execução do Programa de Aceleração do Crescimento na Região Norte.

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
Lula e Dilma negam uso político de doença

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s