RESPOSTAS A ALGUNS HERBÍVOROS

Durante o período de inatividade do blog, alguns herbívoros humanos – se é que me entendem – resolveram dar plantão na área de comentários do blog. Quebraram a cara! Nada aqui vai pro ar sem antes passar por minha moderação. Censura? Não, não é censura. Primeiro porque meu blog é propriedade privada, não é Estado. Segundo, não é censura; é mata-burro (pesquisem o que é isso).

Mas, como vocês sabem, sou um homem bom. Vou registrar aqui aquilo que alguns oriundos de sei lá onde postaram. Os leitores habituais deste blog conhecem como costumo tratar essa gente. Mas, neste fim de domingo, depois de tomar um café no aeroporto (não fazia isso há meses), serei benévolo com essa turminha. Eles em azul; eu, em vermelho.

Vou começar por uma leitora de nome Sandra, que criticou meu posicionamento sobre Villa Lobos. Lá vai.

Nunca vi tanta besteira dita de um so golpe. Quando Villa Lobos compos as Bachianas, e isso nao saiu assim do nada, foi um trabalho elaborado, construido com muito estudo e , ele estaria dando na verdade alem de uma homenagem a Bach, uma grande prova de nossa competencia musical, que na epoca somente o poderosos diziam dominar – o concepto de erudito, ficou assim colocado em cheque.

E eu nunca vi tanta pontuação errada colecionada em um único parágrafo. E vou perdoar o cheque com ch.

Villa lobos foi um musico absolutamente popular, pesquisou na raiz a musica que abastecia o imaginario popular. Foi direto na pele de pessoas de diferentes lugares de norte a sul do Brasil, conviveu com a emocao que lhes brotava do corpo, nos momentos de trabalho e festa. Fes um verdadeiro trabalho etno y sociomusicologico que todavia até hoje nao foi devidamente reconhecido e valorizado.

Como sabem, tendo sempre a desconfiar de tudo o que é absolutamente popular. O mundo midcult costuma me decepcionar. Fico com a hype mesmo. Já expus os motivos que me levam a considerar Villa Lobos um grande compositor…caipira; não erudito. Vocês podem ler tudo aqui. Não vou repetir minhas razões. Costumo ser repetitivo somente quando a partitura tem bastantes barras de repetição.

Ele criou dessa vivencia apoiado na ideologia musical da epoca que se dizia “inacessivel2 a maioria dos brasileiros. Para mim, foi um genio, nunca perdendo a simplicidade, foi um grande homem, aliás nunca deixou de ser humano, de carne e osso, quando a música orquestrada era ainda considerada uma producao divina, um dom de poucos.

Portanto, considero que o produtor do texto tem uma importante tarefa para os próximos anos, si lhe for possível. rever conceitos urgentemente, para nao inundar outras pessoas com tanto desconhecimento de fato.

Em nenhum momento ataquei o homem Villa Lobos. Apenas apontei por A+B que as obras de Villa Lobos se comparadas com os padrões de composição são uma piada. Todas as sinfonias de Villa são consideradas obras sem padrão orquestral. Seus concertos são praticamente esquecidos – claro, são lixos. Ou seja, em sinfonias e concertos, os dois estilos de composição que são mors na música erudita, Villa Lobos fracassou.

Outro leitor, Carlos Gomes, também resolver dar uns pitacos.

Vá crescer musicalmente e conhecer o que a musica erudita representa hoje em dia, principalmente compositores brasileiros reconhecidos internacionalmente aí sim depois você posta algo que preste certo…? Essa postagem aí é ignorável, só demonstra juízo de gosto… Profissionalmente irrelevável! então…

Sim, boa parte dos europeus adora Villa Lobos. Mas, vale lembrar: também adora Paulo Coelho. Pra mim, Paulo Coelho está pra literatura assim como Villa está pra música erudita.

Outra coisa, caro Carlos, não vou ignorar tua recomendação pra que eu cresça na música. Embora não seja músico profissional  — e nem desejo ser, optei por outra carreira — já toco bastantes instrumentos: piano, trompete, trompa, trombone de vara, tuba e, agora, aprendendo fagote. Tentei violino, mas admito minha inabilidade para instrumentos de cordas. Resultado de 11 anos de estudo.

Mais um leitor. Esse assina como Satanás. Óbvio que não é o próprio. Lúcifer era anjo inteligente, e não mesquinho. Vejam o que manda o infeliz.

Que bicho mais fresquinho!!! Então se muda para Europa, fresquinho de merda

Satanás jamais usaria o termo “fresquinho”. Ele é muito macho pra isso.

Anúncios
RESPOSTAS A ALGUNS HERBÍVOROS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s