Brasileiro vê crise amena, indica Datafolha

Da Folha de S.Paulo

Pesquisa Datafolha revela que os brasileiros se consideram hoje mais bem informados sobre a crise econômica do que há dois meses.
E metade dos entrevistados diz acreditar que a retração mundial terá efeito modesto sobre a economia brasileira e sobre o país em geral.
A percepção de que o Brasil será só um pouco prejudicado pela turbulência econômica internacional é comum a todas as regiões do país, mas não a todas as faixas de renda.
Pessoas com renda inferior a dois salários mínimos são mais pessimistas: 36% dizem que o Brasil será muito prejudicado pelo cenário recessivo.
A confiança avança paralelamente à faixa de renda. Entre os que ganham mais de dez salários mínimos, o índice recua para 29%.
Fernando Sampaio, sócio-diretor da consultoria LCA, diz que os trabalhadores de menor renda tinham começado a ter acesso ao crédito e a assistir à queda na taxa de desemprego do país antes da crise.
Com os cortes dos últimos meses, que eliminaram primeiro vagas de menor qualificação, ficaram mais sensíveis a mudanças na economia.
“As famílias de baixa renda estão com o nariz na linha d’água. Qualquer maré assusta”, afirma Sampaio.
Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, argumenta, entretanto, que as pessoas veem a retração da economia de forma mais amena, sem esperar avanço do desemprego ou da inflação nos próximos meses.
“O brasileiro não está mais tão preocupado com a crise”, na avaliação de Paulino

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
Brasileiro vê crise amena, indica Datafolha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s