SEm acordo, CPI da Petrobras pode ficar para a próxima semana

De O Estado de S.Paulo

Vinte e quatro dias depois de ter seu pedido de criação protocolado na Mesa Diretora do Senado, a CPI da Petrobrás corre o risco de não começar a funcionar nesta semana. Apesar de seus 11 titulares e 7 suplentes estarem escolhidos há 10 dias, o PMDB e o PT não conseguem fechar um acordo para definir quem será o presidente e o relator da CPI.
Diante do impasse, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende interferir na definição. A CPI está prevista para ser instalada amanhã, na véspera do feriado de Corpus Christi.
O assunto foi discutido ontem, na reunião da coordenação política do Planalto. Segundo o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, o presidente não quer se reunir com os líderes do PT, Aloizio Mercadante (SP), e do PMDB, Renan Calheiros (AL), para tratar da relação entre os dois partidos, cada vez mais conflituosa no Senado. “Esta é uma CPI importantíssima, que vai se realizar a um ano das eleições, e não conseguiremos fugir de que ela tem um tom político. O presidente vai conversar com os dois (líderes), mas não é para colocar panos quentes. É para obter informações e saber a estratégia deles na condução dos trabalhos. Falta apenas adequar a data, por causa da quantidade de senadores que querem participar dessa comissão, considerada muito importante”, afirmou Múcio.

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
SEm acordo, CPI da Petrobras pode ficar para a próxima semana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s