CPI da Petrobras depois do recesso é desejo dos aliados

Da Folha de S.Paulo

Apesar da disposição do PSDB de abrir mão da relatoria da CPI das ONGs, o que deve possibilitar a instalação da comissão que investigará a Petrobras, líderes da base aliada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Senado trabalham para adiar o início dos trabalhos para depois do recesso.
A aposta é que as comemorações de São João no Nordeste esvaziem o Congresso pelo menos até o início de julho. As férias de meio de ano dos congressistas começam no dia 18 de julho e seguem até agosto. Se a CPI só começar depois disso, os governistas apostam que o assunto terá perdido destaque.
Alguns senadores da base aliada acreditam ainda que, com algumas exceções, a defesa de investigações pela oposição é apenas discurso.
Nesta semana, o líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), se reúne com a bancada e com o DEM para decidir se aceita deixar a relatoria da CPI das ONGs. Sua saída é tratada como possível pela oposição.
Esta comissão foi instalada em 2007 e termina no início do ano que vem. Seu objetivo é investigar suposto favorecimento e desvio de recursos públicos por ONGs (organizações não governamentais). A oposição declarou querer usar o posto para investigar repasses a entidades ligadas aos movimentos sociais e ao PT.
O líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), ressalta, no entanto, que seu partido e o PSDB precisam definir qual das CPIs, a das ONGs ou a da Petrobras, é mais importante neste momento.

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
CPI da Petrobras depois do recesso é desejo dos aliados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s