10 ANOS DE SALA SÃO PAULO

No concerto em comemoração dos 10 anos da Sala São Paulo houve Villa Lobos e a suíte Pássaro de Fogo, de Stravinsky. Depois disso, eu sustentar que o evento foi um porre seria um oximoro. Não pude ir porque estou em viagem fora de São Paulo, mas assisti a tudo pela TV Cultura.

Agradecimentos

A fala do presidente da Funda Osesp, Fernando Henrique Cardoso, foi enfática ao dar os créditos do prejeto Osesp-Sala São Paulo a Mario Covas. Pois bem. Mas vale lembrar que Covas convidou John Neschling para reger a Osesp depois de Eleazar de Carvalho. E foi Neschling o verdadeiro mentor do ousado projeto que resultou nessa maravilhosa orquestra que temos hoje e na magnífica sala de concertos que já virou referência mundial.

Yan Paschal Tortelier é o atual regente (interino até 2010). Está na Osesp desde a demissão de Neschling, entre o fim do ano passada e o começo deste ano. A orquestra que Tortelier regeu não é fruto de suor seu. A orquestra aplaudida mundo afora e por mais de 2 milhões de pessoas na própria Sala São Paulo não nasceu de um projeto de Covas, FHC e nem do secretário de Cultura João Sayad. A Osesp revolucionária que vemos hoje é resultado de sementes plantadas e regadas por Neschling, grande maestro que, ontem, não recebeu os devidos créditos – apenas um “obrigado” de FHC.

Continuamos a ser ingratos com os grandes homens.

Anúncios
10 ANOS DE SALA SÃO PAULO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s