DESAQUECENDO O AQUECIMENTO GLOBAL

Tenho a virtude de duvidar de tudo o que é demasiado. E essa conversa de aquecimento global pra cá e aquecimento global pra lá já começar a me deixar de sobrancelhas arqueadas. Eu, cético? Depende. Se o conceito vigente de “cético” é arrostar certos fatos com o máximo de sensatez e lógica, então sou um. Essa história de ficar refletindo “que tipo de planeta deixaremos para nossos filhos?” não me comove nenhum pouco. Prefiro pensar que tipo filhos deixaremos para o planeta.

Adiante.

Na reunião da cúpula do G-8, nesta quinta-feira, os países-membros decidiram, em comum acordo, reconhecer a necessidade de limitar a dois graus o aumento da temperatura do planeta até 2050. Perto da balbúrdia que tem sido esses encontros que cuidam de assuntos inerentes ao clima, tal acordo já deveria ser considerado um avanço – pequeno, é verdade, mas um avanço. Mas para Ban Ki-Moon – secretário-geral da maior ONG do mundo — isso não é nada.

O curioso de toda essa situação é notar que toda a escatologia intrínseca ao debate climático se dá em torno de previsões que são pontos de muitas polêmicas entre vários especialistas. Se perguntarem aos bocós do pensamento verde se na semana que vem vai chover em São Paulo, provavelmente muitos preferirão recorrer ao avançado e complexo sistema tecnológico do INPE. Mesmo assim, estão todos arriscados a dar com os burros n’água. Pois é. Se mal conseguem prever as nuvens que cobrirão nossas cabeças daqui a uma semana, como posso acreditar nas antevisões que essa turma faz para daqui a 100 anos?

Al Gore, produtor do famoso Uma Verdade Incoveniente, assegura em seu, como direi?, curta-metragem que a elevação dos oceanos, até 2100, atingirá um pouco mais de 6 metros. Todavia, o Painel de Mudança Climática fala em uma previsão de 59 centímetros de elevação dos oceanos. Agora, pasmem, a maior autoridade mundial em aquecimento do mar, o geólogo e físico Nils-Alex Mörner – um estudioso do assunto há 35 anos – afirma que, se houver elevação, o nível das águas subirá apenas 10 cm. Mörner tem inúmeros artigos e estudos publicados na internet sobre assunto. Pesquisem. É bom saber que ainda há gente lúcida em meio à toada incessante do aquecimento global.

Não, não nego a existência da elevação da temperatura da Terra. Apenas tenho o bom senso de duvidar de tudo que os profetas do clima falam. Alguns, como Kofi Annan, por exemplo, fazem da causa ecológica um gancho para levantar países ricos contra países pobres. De um lado, as superpotências com suas mega indústrias tendo que reduzir suas emissões de gases tóxicos (o pum está incluído aqui? Não duvido) em 80%; do outro lado, os países em desenvolvimento e sua pugna de reduzir em 20% suas emissões de gases (nesses países, pelo menos, o pum é mais liberado).

Anúncios
DESAQUECENDO O AQUECIMENTO GLOBAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s