Inadimplência do consumidor cresce 10,4% no 1º semestre

De O Estado de S.Paulo

inadimplência do consumidor cresceu 10,4% entre janeiro e junho, na comparação com o mesmo período de 2008, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência de Pessoa Física, divulgado ontem. O volume de dívidas não pagas, contudo, mostrou sinais de estabilização no fim do primeiro semestre.
Os dados do Serasa mostram que a inadimplência perdeu força do primeiro para o segundo trimestre. Entre janeiro e março, houve elevação de 11,4% na comparação com o mesmo período em 2008, ainda refletindo os efeitos da crise. No segundo trimestre, contudo, houve um crescimento menor, de 9,4%. O volume de dívidas não pagas no intervalo de abril a junho ficou estável na comparação com o último trimestre de 2008, quando também houve crescimento de 9,4% ante o mesmo período do ano anterior.
O assessor econômico da Serasa Experian Carlos Henrique de Almeida lembra que o nível das dívidas não pagas aumentava antes da crise financeira internacional e se intensificou depois dela. "A forte expansão do crédito aumentou o endividamento dos consumidores. Quando a crise começou, a inadimplência já era alta", disse. Por outro lado, a crise provocou retração no crédito interno e isso contribuiu para um crescimento menor da inadimplência.

Assinante, leia mais aqui

Anúncios
Inadimplência do consumidor cresce 10,4% no 1º semestre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s