É PRECISO APARAR AS UNHAS DO PÉ DA GALINHA

A melhor propaganda antipetista é deixar um petista falar. Vamos esmiuçar o que disse a senadora Ideli Salvati (PT-SC) durante a sessão da Comissão de Constituição e Justiça ocorrida ontem – ocasião em que Lina Vieira prestou esclarecimentos sobre a interferência de Dilma Rousseff em um processo contra Fernando Sarney. Assim falou nossa Zaratustra: “da unha do pé da galinha virar canja toda hora, né?”. Mais profundo que isso, só mesmo um pires.

Já virou especialidade do petismo reduzir a pó qualquer denúncia que possa o partido ou um dos seus. Isso é norma.

Aluísio Mercadante, ontem, protagonizou uma das cenas mais lamentáveis do Congresso Nacional. Foi agressivo, estúpido e indecoroso com Lina Vieira. Tudo isso para tentar desqualificá-la (o que não conseguiu. Explico mais adiante). Só é uma pena assistir à tamanha macheza contra uma mulher indefesa – praticamente sozinha na tentativa de provar que Dilma e ela se encontraram – e não vermos similar braveza no trato com os petistas simpatizantes com Sarney. Se Lula fala, Mercadante põe o rabinho entre as pernas e lambe-lhe as botas. Se Lina fala, aí, sim, nosso Aquiles se manifesta. Não é mistério para nessuno que Mercadante discorda peremptoriamente do arquivamento sumário de todas as ações contra Sarney. Mas, não sei porque razão, falta-lhe a coragem de peitar seus pares assim como melindrou Lina Vieira.

Impassível, em nenhum momento Lina se deixou levar pelo o joguete dos governistas. No final das contas, foram os tocadores de tuba do Planalto que se viram em uma contradição. Antes, negavam a qualquer custo a possibilidade de o encontro entre Dilma e Lina ter ocorrido. Depois, passaram a considerar normal ter havido um encontro e o fato de Dilma ter pedido apenas mais agilidade no processo, mas sem pressionar Lina. Em suma, seria o “encontrou? Sim, e daí?”; “pediu mais rapidez? Sim, e daí? – mas não pressionou”. É o espetáculo do diz-desdiz.

Estranhamente, os senadores da base aliada trabalham para impedir uma possível acareação entre Dilma e Lina. Afirmando que se dispõe a ficar cara-a-cara com Dilma, Lina disse: “Não mudo a verdade no grito. Nem preciso de agenda [onde teria registrado o encontro] para dizer a verdade. A mentira não faz parte de minha biografia”.

Como recordar é viver, nunca é demais lembrar os imbróglios pelos quais Dilma Rousseff já passou.

– no início do ano passado, quando ministros de Lula foram apanhados pagando despesas privadas com verbas públicas, Dilma disse que o governo não apanharia calado. Dias depois, eis que surge um dossiê confeccionado dentro da Casa Civil contendo despesas do governo FHC. Para se justificar, Dilma afirmou que a planilha era um simples levantamento de gastos que seria encaminhado para a CPI dos Cartões Corporativos. Detalhe: a CPI ainda nem estava instalada.

– Dilma tinha um currículo onde afirmara que era doutora pela Unicamp. A faculdade não confirma que a ministra tenha esse título. Assim como se muda de roupa, Dilma alterou o currículo no site da Casa Civil. A explicação: possível invasão aos sistemas de internet da Casa Civil. Porém, como bem lembrou Lucia Hippolito em comentário na rádio CBN, nas duas vezes em que Dilma Rousseff compareceu ao programa Roda Viva (TV Cultura) – em 2004 e 2006 – ela ouviu o âncora ler seu currículo com as informações acadêmicas “incorretas”. Mesmo assim, Dilma permaneceu imóvel. Não contestou nada. Creu na própria quimera.

Se compararmos Lina Vieira com Dilma Rousseff, chegaremos à conclusão de que a ex-secretária da Receita é muito mais confiável que a ministra.

Lina não faz currículo falso. Dilma faz

Lina não muda de versão com a freqüência que se muda de roupas íntimas. Dilma muda.

Lina não ameaça ninguém afirmando que “não vai apanhar calada”. Dilma ameaça.

Eis aí as unhas do pé da galinha.

Anúncios
É PRECISO APARAR AS UNHAS DO PÉ DA GALINHA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s