NEM LULA ARRANCA APLAUSOS PARA DILMA

A pompa esperada na circunstância no primeiro comício de Dilma Rousseff no Rio de Janeiro se resumiu a um fiasco. O PT esperava um grande acontecimento, um marco na história dos comícios. José Eduardo Dutra, presidente do PT, não se continha horas antes do evento e brindava seus seguidores no Twitter. “Ja estou no Rio. Chuva danada. Mas o carioca vai mostrar que eh Dilma ateh debaixo d’agua”, disse em um de seus tweets. Depois, recorreu Jorge Ben Jor, e digitou diretamente de seu Blackberry: “Lá fora estah chovendo, mas assim mesmo eu vou correndo…”.

Antes de o comício ter início na Cinelândia, alguns militantes caminhavam pela Avenida Rio Branco; muitos deles, pagos. Isto mesmo: no meio da turba que carregava faixas e fazia volume, o PT colocou gente que estava recebendo dinheiro para… carregar faixas e fazer volume. Leia abaixo trechos de reportagem do IG (e olha que o portal costuma ser chapa-branca!!!).

Enquanto aumentava a expectativa para realização do comício de estreia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha da ex-ministra Dilma Rousseff, na noite desta sexta-feira, militantes contratados desembarcaram de vans e ônibus para assegurar um reforço de público à festa.
Uma das militantes, que não se identificou, disse à reportagem ter recebido R$ 1.200 para “trabalhar na campanha”. No entanto, ela não especificou se a ajuda de custo era mensal ou se referia-se a um pacote para todo o período da campanha eleitoral.
As vans vieram de Niterói, região metropolitana do Rio. Sobre a ajuda de custo, Rogério Santos, que se identificou como organizador de um dos ônibus que vieram da cidade, disse que os militantes recebem entre R$ 300 e R$ 400 ao mês. Todos vestiam camisetas verdes. Segundo Santos, as peças foram pagas pelos militantes.

Pois bem. A expectativa do PT para o evento era de 50 mil a 100 mil pessoas. Não foi ontem que o carioca mostrou que é Dilma até embaixo de chuva. Segundo a Polícia Militar do Rio de Janeiro, 10 mil pessoas marcaram presença. Nem pegando Dilma conseguiu atrair gente para assistir aos seus anacolutos.

Antes de Dilma falar, Lula se pronunciou. Falou algumas barbaridades – claro, se não o fizesse, não seria o demiurgo que o conhecemos. Como Lula é Lula, arrancou, durante os poucos 20 minutos que fez uso da palavra, aplausos efusivos da platéia. Depois, passou o microfone à sua criatura. Como se não bastasse a chuva, Dilma também cooperou para selar o infortúnio do conclave.

Mal limpou a garganta, a candidata, seca como ela só, disparou: “Estamos muito molhados, mas estamos com a alma lavada e cheia de alegria”. É mesmo? No entanto, a alegria não se materializou. Nenhuma palma se ouviu. Permaneceram todos ali, parados, como se estivessem assistindo, se me permitem a prosopopéia, a um poste – e postes, como sabemos, não se aplaude. Mãos amigas, como a governador Sérgio Cabral e Eduardo Paes, tentaram causar um frêmito nos ouvintes e arrancar-lhes pelo menos uma saraivada de palmas. E nada!! Dilma continuou falando, e ninguém respondeu à estesia que se tentava desenhar. No auge da decadência, Lula – repito: LULA – tentou puxar palmas pra Dilma. Nem o criador logrou êxito para sua criatura: todos permaneceram indiferentes.

Depois que acabou o comício, José Eduardo Dutra voltou ao Twitter. Sem pestanejar, meteu os dedos no teclado de seu Blackberry e mandou ver: “Com chuva e tudo, foi uma bela festa”. A primeira oração quer dizer “apesar da chuva e tudo”… Pois é. Poder-se-ia dizer: “Apesar da Dilma e tudo…”.

Anúncios
NEM LULA ARRANCA APLAUSOS PARA DILMA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s