OS “MADUROS” DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O presidente da República resolveu ir a TV no sinal da mais pura aquiescência à tolerância com o crime. Lula, em horário nobre e em rede nacional, chancelou o chute nos fundilhos da Constituição. O chefe do Estado usou sua figura institucional – porque quando faz campanha não deixa de ser presidente da República – a fim de tirar proveito da pífia capacidade cognitiva da imensa fatia do eleitorado, que mal sabe o que é Imposto de Renda (há quem chame IPTU de IR, acreditem!).

A Receita Federal transforma-se numa peneira, deixando – melhor: permitindo-se –vazar informações patrimoniais de pessoas ligadas ao PSDB. Mais tarde, descobre-se que o órgão tinha ciência dos vazamentos e estava fazendo vistas grossas ao ocorrido. Se hoje o escarcéu é de conhecimento de todos, ode à imprensa – a tal da “mídia” que o PT quer calar conforme se nota em seus documentos oficiais. Serra vem a público repudiar o opróbio. Nada mais normal: sua filha, que não candidata a nada, também foi vítima da quadrilha de petistas que tomou a Receita de assalto. E o que Lula, o pai das massas, declara? Segue:

“Um candidato dispara nas pesquisas e aí começam as acusações sem provas. Dilma está sofrendo agora o que eu já sofri no passado. (…) O brasileiro está mais maduro e não vai se deixar enganar”. O povo está mais maduro é uma ova! O povo está é em egrégora pela sensação de estabilidade. Esse povo mais maduro a que se refere Lula perdoa o estupro do contrato democrático – sigilo é garantia constitucional – só porque se está comendo mais. É aquela história: eles nos dão estabilidade, e nós lhos  conferimos liberdade para que se tornem um ente de razão que cospe nas leis. Eis aí a maturidade desse povo.

Lula prosseguiu:
“Nossa candidata Dilma tem feito uma campanha elevada, discutindo propostas, mostrando o que fizemos e o que ainda vamos fazer pelo Brasil. (…) Infelizmente, nosso adversário, candidato da turma do contra, que torce o nariz contra tudo o que o povo brasileiro conquistou nos últimos anos, resolveu partir para ataques pessoais e para a baixaria”. Não haveria melhor forma de Lula mostrar-se mais leniente com o crime: em horário nobre, o presidente da República vai a TV para chamar de “baixaria” as reclamações de Serra. Ele não cita o nome do tucano, prefere chamá-lo de o candidato “que torce o nariz contra tudo o que o povo brasileiro conquistou nos últimos anos”.

É o típico discurso da construção do duelo “bem” contra o “mal”. Creio que a fala do presidente da República não deixa dúvida de quem cumpriria qual papel nessa peleja. Lula atribui a Serra a pecha de “inimigo do povo” assim como Stálin atribuía aos kulaks a razão da miséria do proletariado russo. Resultado: o Partido Comunista Soviético fez da vida desses kulaks um verdadeiro inferno; quando não, os eliminavam deliberadamente. É óbvio que Lula não quer matar José Serra. O que o presidente da República quer, fatidicamente, é destruir seu oponente utilizando, vejam que coisa, a democracia, o voto. No Brasil de Lula, a democracia não atende mais a interesses coletivos: é usada para respaldar anseios partidários.

Em vez de usar o horário eleitoral custeado por todos os brasileiros para dar uma satisfação sobre os vazamentos da Receita, Lula o utiliza para achincalhar quem foi vítima da quadrilha petista. É o fim dos tempos! Sua declaração continuou: “tentar atingir com calúnias uma mulher da qualidade de Dilma é praticar um crime contra o Brasil, em especial contra a mulher brasileira. Peço equilíbrio a esses que caluniam Dilma movidos pelo desespero, pelo preconceito contra a mulher e também contra mim”.

Vejam o contorno que Lula dá a história: o vazamento de informações sigilosas de um órgão do governo atinge a candidatura de Serra, a vida de sua família e executivos do PSDB. Todos esses vazamentos têm um petista atrás da história. E o que diz Lula? Que Serra jogar luz sobre o episódio e dar nome aos bois é “desrespeito à mulher brasileira”. Santos Deus! O pior: o povo “maduro” acredita. Esse povo “maduro” deve comer verde, se é que me entendem.

E ainda é só o começo…

OS “MADUROS” DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s