FORÇA A LULA! ELE AINDA NOS DEVE MUITAS EXPLICAÇÕES

Não integro o grupo dos que crêem que a doença torna uma pessoa melhor. Trata-se de um pensamento cruel com quem porta a enfermidade. Quanto mais profundo o sofrimento, quanto mais lancinantes forem as dores, caso escape do certame, melhor sairá o sujeito, rezam alguns. É uma tolice! A tricomoníase enfrentada por Mao Tse Tung não o fez menos cruel e assassino. O câncer de Hugo Chávez não o imacula de seu autoritarismo. Mao foi um tirano porque quis, mas não adquiriu tricomoníase por escolha. Chávez é um déspota porque sente prazer nisso, mas não contraiu câncer por lhe parecer prazeroso.

Acho condenável qualquer tipo de tentativa de traçar paralelos entre a doença do indivíduo com sua trajetória pessoal ou profissional. O PT fez isso comedidamente quando Dilma Rousseff, então candidata à Presidência, foi diagnosticada com câncer no sistema linfático. Dilma optou por disputar uma eleição porque quis, mas sua doença no linfoma não foi adquirida por seu desejo. Doença não se escolhe! Eis o motivo por que mando às favas qualquer discurso cujas veredas me convida a fazer hagiografias de quem está enfermo: doenças não tornam ninguém melhor e nem pior!

Como já foi amplamente noticiado, o ex-presidente Lula está com câncer na laringe. Segundo os médicos, o tumor pode ser removido. Até o momento, não há metástase. Melhor assim! Desejo, sinceramente, plena recuperação a Lula. Combato suas idéias, não sua pessoa.

No entanto uma coisa pode despontar no horizonte: uma espécie de glorificação a Lula, como se o seu câncer assumisse a forma de razão moral superior para que, nesse momento de dor do ex-presidente, todos fôssemos compelidos a prestar-lhe solidariedade. Esse “prestar-lhe solidariedade”, leia-se, iria além dos desejos de vida longa ao demiurgo, assumiria um ato de exceção, como se sua trajetória enquanto presidente da República fosse tão alva quanto a neve, livre de qualquer mancha de desabono.

Não é bem assim! Sim, que Lula atravesse e supere com sucesso esse episódio difícil de sua vida. Trata-se de um desejo pessoal, e por três motivos: 1- porque, como humano, comovo-me com o que é humano, quase parafraseando Terêncio; 2- porque Lula ainda deve muitas explicações; 3- porque sua visão de mundo precisa ser derrotada, não por um câncer, mas pela luz da história e da verdade, em prol de um Brasil melhor!

Lula foi uma das piores coisas que o País já teve em sua recente história. Não, não foi o PT nem o lulismo que inventaram as mazelas do Brasil, mas foram eles que legitimaram essas práticas como método de poder. Isso é fato, e não é um câncer que vai apaga-lo. Apoderaram-se do Estado e dele fizeram seus domínios, como se as instituições fossem uma extensão do quintal de suas próprias residências. Mandaram às favas o Estado Democrático de Direito. Raymond Faoro certamente faria um excelente ensaio sobre nossos tempos.

Encabeçados por Lula, os atuais donos do poder recorreram à mentira para transfigurar a verdade. Pior: fizeram disso uma armadura de resistência. Aquele exclusivismo ético de outrora ruiu, mas, faceiros, levantaram a bandeira do tal “quem nunca fez?”. Emplacaram tal combatividade interesseira e a grande parte da sociedade, genuflexa, aquiesceu, mesmo isso significando o sacrifício da decência dos homens de bem.

Lula encabeçou o movimento contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, e ela era boa para o País. Lula liderou a turba que vociferou contra as privatizações recorrendo ao discurso de que o patrimônio do povo estava indo para o ralo em prol de poucos ricos. Vigarista, não reconheceu, 12 anos depois, que as privatizações foram benéficas ao Brasil. Lula e sua patota não queriam o País na rota dos investimentos internacionais, e eles se demonstraram bons à nossa economia. Lula demonizou o Proer, asseverando que não passava de um projeto para enriquecer banqueiros. E o projeto também era bom. Os programas sociais arquitetados no governo FHC, para Lula, eram “esmola”. Bastou o demiurgo assumir a presidência para ampliá-los e, mais tarde, chamar de seus. Isso são fatos que nenhuma doença apaga!!! Convidado em duas ocasiões para debater com Fernando Henrique a fim de ver quem de fato mudou o Brasil, declinou dos convites.

Sim, Lula e o PT frustraram muita gente. Hoje, sob suas asas, estão o que é de mais condenável na política brasileira, mais atrasado, mais reacionário e mais vigarista. Sarney já foi o que de pior o Maranhão teve, segundo Lula. Não demorou muito para que Sarney se tornasse o suprassumo do Senado, também segundo Lula. PT e Lula inauguraram a metamorfose contínua da corrupção do caráter. Por mais cruel que seja um câncer, ele não altera os delineios morais do corrutor.

O Congresso, casa de todos os cidadãos de bem deste País, onde homens e mulheres democraticamente eleitos fazem valer o que o povo trabalhador e honesto quer, foi esfacelado pela suserania dos valentes. Com o mensalão, tentaram comprar o Senado e a Câmara. Preocupados com o impacto que isso poderia ter nas eleições seguintes, tentaram limar os adversários políticos com falsos dossiês. Tudo isso dentro do Palácio do Planalto, sob as narinas do comandante-em-chefe. Ah, mas ele de nada sabia.

Pouco apreciadores das virtudes da democracia, infantilizaram a população brasileira. Ele virou nosso “pai”, que nos passou aos cuidados da “mãe”. E houve quem achou isso lindo de morrer! Não, não se trata de um discurso carinhoso. Há aí embutida a vocação para o mando.

Lula comandou atos de desagravo a José Dirceu, chefe de quadrilha e que, recentemente, assumiu desavergonhadamente ter roubado hóstias da igreja. Prometeu não mais meter o bedelho no governo depois de aposentado, mas não titubeou em arquitetar a permanência de Orlando Silva no Ministério do Esporte. Autoritário, impôs goela abaixo do PT paulista, sem prévias, Haddad como candidato a prefeito de São Paulo. Ainda mais autoritário, em Santa Catarina, afirmou que o DEM deveria ser extirpado da política nacional. O “outro” não pode existir, claro. A chave da história só pode estar nas mãos de alguém ou de um partido.

Lula tolerou a tentativa de compra do Congresso, deu curso às incursões para eliminar a oposição, tentou intimidar a imprensa e, como pai, sorriu às investidas do PT contra os valores das instituições. Irônico, menosprezou a condição de intelectual de FHC e de forma descarada fez – e ainda faz — apologia à ignorância.

Os matizes desse enredo fazem do Brasil um país pior.

É por isso que Lula precisa se recuperar. Primeiro porque é o meu desejo como ser humano. E segundo porque sua ideologia precisa ser desmascarada.

Força pra você, Lula!

FORÇA A LULA! ELE AINDA NOS DEVE MUITAS EXPLICAÇÕES

Um pensamento sobre “FORÇA A LULA! ELE AINDA NOS DEVE MUITAS EXPLICAÇÕES

  1. Tenho 14 anos e nunca me interessei muito por política. Alguns diriam que “ainda sou jovem”, mas não acho que seja uma boa desculpa. Duas coisas me fizeram ignorar esse mundo: 1 – sempre achei muito complicado, muito blábláblá (sempre soube que também me afetava, mas não era o bastante). 2 – acho também muito difícil me informar corretamente hoje em dia, a mídia possui seus favoritos, deixam passar fatos. “Manipulação”, resumindo. Foi o suficiente para que eu cruzasse os braços e permitisse a mim o anfalbetismo no assunto, escondendo meu desejo de saber com palavras desanimadoras. Até que, durante uma pesquisa escolar, encontrei seu blog. Pela primeira vez senti verdadeiro interesse. Li vários posts, perdi o link, encontrei novamente hoje e li mais alguns, para finalmente me tornar uma seguidora oficial.
    Gosto muito do seu ponto de vista, de como usa cada palavra, de suas críticas (não só na política, mas em todos os assuntos abordados, como nos posts sobre o Carnaval e sobre o kit anti-homofobia). Você tem me ensinado muito mais do que vários dos meus professores rsrsrs. Então quero deixar aqui os meus parabéns e um grande muito obrigada por este excelente blog!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s